As 140 demissões anunciadas pela empresa MWL foram suspensas temporariamente pelo Tribunal Regional do Trabalho em Campinas.

As 140 demissões anunciadas pela empresa MWL de Caçapava foram suspensas temporariamente pelo Tribunal Regional do Trabalho em Campinas.

Uma nova audiência está marcada quarta que vem.  Segundo o sindicato, os trabalhadores retomam o trabalho hoje, após uma semana de greve.

A MWL tem cerca de quatrocentos trabalhadores e produz eixos e rodas para trens.